LA – Python – Aula 05A – Estruturas de repetição

Estruturas de Repetição

As estruturas de repetição (ou também conhecidos como loops) tem a principal finalidade de economizar linhas repetitivas de códigos, visto que é necessário avaliar primeiramente o seu algorítmo se é possível ou não substituir determinado trecho de código por estrutura de repetição.

Em Python temos somente 2 tipos de estruturas de repetição, sendo elas o while e o for.

Estruturas de WHILE

Utilizamos o comando while quando geralmente não sabemos o número de vezes o laço precisará executar. A avaliação da condição é sempre verificada no inicio do bloco, e caso a mesma já inicie falsa, não será executada nenhum comando dentro do bloco.

Exemplo 01 – Utilização do while

def main():
    numero_vezes = int(input("Digite o numero de vezes a ser executado: "))

    contador = 1
    while contador <= numero_vezes:
        print("Quantidade executada: %d" % (contador))
        contador = contador + 1

    print("%d vezes executadas com sucesso!" % (numero_vezes))
        
if __name__ == '__main__':
    main()

Exemplo 02 – Utilização do while

'''
Faça a soma acumulada somente dos numeros pares de 0 a 1000
'''
def main():
    contador = 0
    soma = 0
    while contador <= 1000:
        soma = soma + contador
        contador = contador + 2

    print("%d é a soma somente dos números pares" % (soma))
        
if __name__ == '__main__':
    main()

Exemplo 03 – Utilização do while True

'''
Faça um contador dos numeros infinitamente

Evite utilizar loops infinitos sempre que possível!
'''

def main():
    contador = 0
    while True:
        contador = contador + 1
        print("Resultado da soma: %d" % (contador))

        if (contador == 5000):
            break
        
    print("%d é o resultado do contador" % (contador))
        
if __name__ == '__main__':
    main()

Estruturas de FOR

Utilizamos for geralmente quando já temos a quantidade de vezes os trechos de códigos serão executador.

Em Python, temos a seguinte sintaxe para o comando For:

for VARIAVEL in (faixa de valores):
    instrução-de-comando 1
    instrução-de-comando 2
    instrução-de-comando 3
    ...
    instrução-de-comando N

Exemplo 01 – Utilização do for

'''
Utilizando estrutura de repetição com FOR
'''

def main():
    for i in (0,1,2,3,4,5,6,7,8,9,10):
        print("Executando o valor de i: %d " % (i))
        
if __name__ == '__main__':
    main()

Também é possível identificar 3 atributos no comando for, através da função range, a qual:
O parametro 1 indica o valor inicial (é opcional – quanto omitido tem inicio =0)
O parametro 2 indica o valor final (é obrigatório)
O parametro 3 indica o incremento (passo) a ser incrementado (é opcional, quando omitido, incremento = 1)

Exemplo 02 – Utilização do for com range

'''
Utilizando estrutura de repetição com FOR com range
'''

def main():
    for i in range(0,10,1):
        print("Executando o valor de i: %d " % (i))
        
if __name__ == '__main__':
    main()

Exemplo 03 – Utilização do for com range

'''
Utilizando estrutura de repetição com FOR com range, com valores decrescentes
'''

def main():
    for i in range(10,0,-1):
        print("Executando o valor de i: %d " % (i))
        
if __name__ == '__main__':
    main()

Operadores de atribuição

São utilizados para atribuir os valores nas variáveis

Operador    Exemplo     Equivalente a
=           x = 10      x = 10
+=          x += 10     x = x + 10
-=          x -= 10     x = x - 10
*=          x *= 10     x = x * 10
/=          x /= 10     x = x / 10
%=          x %= 10     x = x % 10
//=         x //= 10    x = x // 10
**=         x **= 10    x = x ** 10

Operadores especiais

Python possui alguns operadores que identificam se um operador é membro, identificado por “is” e “not is” e por “in” e “not in”:

Operadores is e is not

Operador Significado Exemplo
is True se os operadores são identios x is True
(referencia para o mesmo objeto)
is not True se os operadores não são indenticos x is not True
(não se refere ao mesmo objeto)

Exemplo

'''
Utilizando is e not is
'''

def main():
    valor1 = 10
    valor2 = 10
    string1 = 'Teste'
    string2 = 'Teste'
    lista1 = [10,20,30]
    lista2 = [10,20,30]

    print(valor1 is not valor2)

    print(string1 is string2)

    print(lista1 is lista2)

if __name__ == '__main__':
    main()

Podemos observar que valor1 e valor2, string1 e string2 possuem o mesmo valor de referencia.

Já lista1 e lista2, são iguais mas não são identicos, pois listas são mutáveis (podem ser alteradas), sendo que o interpretador as mantém separadas na memória.

Operadores in e not in

São usados quando um valor ou variável é encontrado na sequencia de uma string, lista, tupla, conjunto ou dicionário.


Operador      Significado                                 Exemplo
in            True se o valor/variável é encontraodo      10 in x
na sequencia
not in        True se o valor/variavel não é encontrado   10 not in x
na sequencia

Exemplo

'''
Utilizando in e not in
'''

def main():
    frase = "Olá mundo!"
    dicionario = {1:'chave',2:'valor'}

    print('O' in frase)

    print('Ola' not in frase)

    print(1 in dicionario)

    print('palavra' in dicionario)

if __name__ == '__main__':
    main()
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s