1.4 Symbolic Constants

(P. 14) Uma observação final antes de deixar a conversão de temperatura para sempre. É uma má prática para enterrar “números mágicos” como 300 e 20 em um programa; eles transmitem pouca informação para alguém que possa ter que ler o programa mais tarde, e eles são difíceis de mudar de forma sistemática. Uma maneira de lidar com os números mágicos é dar-lhes nomes significativos. Uma linha #define define um simbólico nome ou constante simbólica para ser uma série particular de caracteres

#define name replacement text

Posteriormente, qualquer ocorrência de nome (não entre citações e não parte de outro nome) será substituído pelo texto de substituição correspondente. O nome foi o mesmo como forma de um nome de uma variável: uma seqüência de letras e dígitos que começa com uma letra. O texto de substituição pode ser qualquer sequência de caracteres; não é limitado a números

#include 

#define LOWER 0 	/* lower limit of table */
#define UPPER 300 	/* upper limit */
#define STEP 20 	/* step size */
/* print Fahrenheit-Celsius table */
main ()
{
	int fahr;
	
	for (fahr = LOWER; fahr <= UPPER; fahr = fahr + STEP)
		printf("%3d %6.1f\n", fahr, (5.0/9.0)*(fahr-32));
} 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s